Angola: Generais oriundos das FALA queixam-se da falta de oportunidades na progressão de carreiras

0
569

O ministro da Defesa, João Ernesto dos Santos “Liberdade” recebeu um grupo de Generais provenientes das FALA que vinham sendo alvo de boatos anónimos por alegadamente financiar protestos da oposição.

Segundo o boletim África Monitor, os boatos, no âmbito de uma intensa campanha de propaganda e desinformação com objectivo de minar o apoio aos protestos de rua, visariam atingir em particular o líder da UNITA, Adalberto da Costa Jr,  cujo seu partido apoiou a manifestação de 24 de Outubro, mas não a de 11 de Novembro, na véspera da qual começaram a circular por telemóvel as mensagens geradoras do rumor.

De acordo com a fonte, evidenciando o objectivo de associar a UNITA aos protestos de activistas, o líder da UNITA era referido como o receptor das referidas quantias para os manifestantes, disponibilizadas pelos Generais.

O AM adianta que a audiência do ministro aos oficiais oriundos da FALA nas acções de propaganda representou o apoio do mesmo, tendo aqueles aproveitado a ocasião, conforme apurado, para expressar descontentamento com a falta de oportunidades iguais na progressão de carreiras nas FAA, em particular entre oficiais ex-FALA e ex-FAPLA.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here