Angola: Tristeza e revolta na despedida de Inocêncio Matos

0
237

Inocêncio Matos foi este sábado a enterrar, dezessete dias depois da sua morte durante uma manifestação contra o Governo angolano em Luanda. A realização da segunda autópsia, cujo resultado ainda não foi divulgado, esteve na base do adiantamento do funeral. MPLA, João Lourenço e Polícia Nacional foram criticados durante marcha realizada na despedida ao estudante universitário.

 

DW África 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here