Angola: Trabalhadores da Sonangol Industrial reclamam por justa indemnização

0
232

Os trabalhadores afectos as unidades fabris pertencentes à Sonangol Investimento Industrial (SIIND) situada na Zona Económica Especial Luanda-Bengo, reclamam por retroactivo salarial e justa indemnização.

No ano passado, o Executivo tornou público o início do processo de venda de algumas unidades industriais integradas na ZEE-EP, entre elas a SIIND.

Os trabalhadores falam em incumprimento dos contratos laborais e excessos de abuso de poder por parte da entidade gestora (SIIND).

Segundo denunciaram, por força das privatizações, a SIIND pretende indemnizá-los ao câmbio de 2015, neste caso, de 16 mil kwanzas por cada 100 dólares norte-americano, contra os 64 mil kwanzas praticado actualmente.

Para melhor situar os factos explicam que em 2011, altura da elaboração dos contratos de trabalho, foram feitos em dólares norte-americanos. Durante este período, 2011 a 2015, os salários eram actualizados regularmente em função do câmbio diário.

Mas para o espanto dos trabalhadores, foram surpreendidos com corte na actualização do câmbio que nesta altura rondavam os 16 mil kwanzas por cada nota de 100 dólares.

“Sem prévia negociação com os trabalhadores, diligência foram feitas no sentido de regularizar os salários em função do câmbio diário, tal como consta nos contratos laborais”, informou ao Luanda Post o secretário-geral da comissão sindical dos trabalhadores António Adão Correia.

O responsável garantiu que não vão baixar os braços enquanto não forem satisfeitos seus direitos com base na lei, tendo neste momento, enviado cartas a Presidência da República, Conselho de Administração da Sonangol e aos órgãos de justiça.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here