A COVID-19 no centro das eleições presidenciais nos EUA

0
258

Quem diria! Os candidatos à presidência da maior potência mundial estão numa disputa acérrima para Victoria. Entre os temas que Joe Biden e Donald Trump usam, todo destaque recai para a questão da actual pandemia, “Covid-19”.

O eleitorado norte-americano reconhece que, com Donald Trump, a economia do país atingiu um crescimento fantástico, permitindo assim a criação de milhões de novos postos de trabalho. Porém, acreditam, também, que o actual presidente tem tido uma má gestão da pandemia que dizimou mais de 220 mil cidadãos norte-americanos.

Trump apela aos seus eleitorados que não podem fechar o país sob pena de ver a economia falir. Por outro lado, garante que está a trabalhar com as empresas farmacêuticas para uma vacina segura para os EUA e o mundo.

Por sua vez, Joe Biden apela aos seus eleitorados que, pretende fazer um confinamento ao país com abertura dos serviços essenciais, de forma a evitar que o elevado de mortes pela Covid não cresça ainda mais. Biden garante ainda que quando surgir uma vacina segura, os americanos terão acesso a mesma de forma gratuita.

Estes factores fazem com que haja um equilíbrio nas sondagens do voto popular, onde Biden a parece com uma ligeira vantagem, mas que não significa nada, uma vez que a decisão final será entregue ao colégio eleitoral que irá decidir se opte pela continuidade de Trump, pelo trabalho excelente que tem desenvolvido à (nível) da economia ou, opte em fasta-lo pela má gestão da Covid-19.

Reginaldo Santos Brinco

Mestre em Relações Internacionais Portugal e pós graduado em Geostrategia

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here