Activistas: Mártir de 11 de Novembro, vai em paz Herói desta geração, a luta continua

0
187

Inocêncio de Matos, de 26 anos de idade, foi a enterrar este sábado, no Cemitério do 14, município do Cazenga, num dia que juntou centenas de angolanos, entre activistas cívicos, solidários com a família enlutada pela morte prematura deste.

Vale recordar que, Inocêncio de Matos, morreu no dia 11 de Novembro corrente, por volta das 16, no Hospital Américo Boavida, em Luanda, segundo o relatório médico, pouco depois que este terá sido atingido por alegadamente um agente da Polícia Nacional, com uma bala da cabeça, durante a repressão contra os manifestantes, num dia que Angola celebrava os 45 anos de independência no país.

De acordo com dados, a segunda autópsia, a pedido da família e advogados, foi realizada nesta quinta-feira as 14 horas, na presença de um fotógrafo que procedeu igualmente o requerido registro de imagens, antes dos exames ao cadáver, cujos resultados oficiais estão por se anunciar.

Enquanto isso, a Polícia Nacional é acusada de disparar mortalmente contra o jovem activista, Inocêncio Alberto de Matos, embora a primeira autópsia realizada a 13 de Novembro, a PGR tenha alegado em comunicado que o jovem, morreu vítima de traumatismo craniano, com fracturas dos ossos, resultante de ofensa corporal com objecto de natureza contundente.

Armando Makengo Izzy

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here