África: Presidente da Nigéria, Bola Tinubu aprova orçamento que prevê compra de “iate presidencial e SUV para deputados”

0
533
A Aprovação pelo Presidente da Nigéria, Bola Tinubu, de um orçamento suplementar que destina milhões de dólares para um iate presidencial e veículos desportivos para a sua mulher e altos funcionários do governo, deixou indignada a população nigeriana.

Bola Tinubu assinou, quarta-feira, o orçamento, que atribui 38 milhões de dólares (35,5 milhões de euros) à frota aérea presidencial e a outras renovações.

Cerca de 6,1 milhões de dólares (5,7 milhões de euros) orçamentados anteriormente para o iate foram reafectados pelos deputados a “empréstimos para estudantes”, uma decisão que terá ainda que ser aprovada pelo senado nigeriano.

A marinha do país anunciou, entretanto, já ter recebido o iate, mas disse que “não foi pago”.

O porta-voz da presidência nigeriana, Anjuri Ngelale, defendeu o orçamento suplementar, considerando que serve para “reforçar a arquitetura de segurança da Nigéria e resolver o défice de infraestruturas críticas da Nigéria, entre outras considerações”, avançou a agência Associated Press.

Ngelale disse, ainda, que cerca de 30 por cento do dinheiro seria gasto em segurança e outros 35 por cento no “fornecimento de infraestruturas críticas”.

Recentemente, a Assembleia Nacional do país, composta por 460 deputados, confirmou que todos os legisladores receberão um novo SUV (veículo utilitário desportivo), alegadamente a um custo de mais de 150.000 dólares (140.110 euros) cada.

Os deputados argumentam que que os veículos os ajudarão a fazer melhor o seu trabalho.

Os primeiros seis meses de 2023 foram marcados pela queda do crescimento económico da Nigéria. O produto interno bruto (PIB) caiu de 3,3% em 2022 para 2,4% no primeiro trimestre de 2023, de acordo com o Banco Mundial (BM).

Shubham Chaudhuri, diretor do Banco Mundial, defendeu, em junho último, a necessidade de o país proceder a “ações compensatórias para mitigar o impacto a curto prazo sobre os pobres” das reformas económicas introduzidas pelo executivo de Bola Tinubu.

“A Nigéria deve aproveitar a oportunidade para implementar um programa robusto de transferência de dinheiro em larga escala para proporcionar um alívio rápido aos pobres, quase pobres, bem como às famílias de baixo rendimento que são mais diretamente afetadas pelo aumento dos preços da gasolina, como parte de um pacto mais amplo para redirecionar os escassos recursos orçamentais para as prioridades de desenvolvimento”, acrescentou Chaudhuri, no mesmo relatório divulgado pela instituição.

Os sindicatos nigerianos têm reclamado um aumento do salário mínimo dos funcionários públicos em 2024 na ordem dos 67 dólares por mês.

Um relatório divulgado pelo Instituto Nacional de Estatística Nigeriano (NBS) em novembro de 2022 revelou que 133 milhões de pessoas, 63% da população do país, são “multidimensionalmente pobres”.

O estudo, que contou com a participação de várias organizações, incluindo o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), revelou que mais de dois terços das crianças — 67,5% — também são “multidimensionalmente pobres” e sublinhou que 51% de todos os pobres da Nigéria são crianças.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments