Angola: A Procuradoria Geral da República (PGR) investiga denúncias de irregularidades no PIIM

0
222
De acordo com a Angop, que cita o  procurador da República titular do Moxico, Adão do Nascimento, que confirmou a recepção de uma série de denúncias sobre irregularidades e falta de transparência na execução do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM).

 Dados oficiais apontam que a província do Moxico tem, inscrito no Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM), 105 projectos sociais e económicos, nos nove municípios, orçados em mais de 15 mil milhões de Kwanzas, com uma execução física a rondar os 38, 33 por cento. Para Adão do Nascimento, cabe a este órgão, titular da acção penal, apurar o andamento da gestão e eventuais incumprimentos na contratação de empresas que estão a executar o PIIM nos nove municípios da província.

 O magistrado do Ministério Público evitou precisar o número de inquéritos feitos, mas adiantou serem extensivos aos nove municípios da província. Adão do Nascimento exemplificou que, das diligências feitas, foi possível verificar que muitos projectos, nos diferentes municípios, já beneficiaram da totalidade do pagamento, contrastando com a execução física das obras.

Os inquéritos, esclareceu o magistrado, visam apurar as razões das disparidades verificadas e não concluir-se logo pela existência de crimes. Adão do Nascimento lamentou a falta de colaboração de algumas instituições públicas e privadas, principalmente as administrações municipais e bancos comerciais, por demorarem a fornecer informações à Procuradoria-Geral da República para dar celeridade à investigação.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here