Angola: Anseba vai gerir Rede de Supermercados “Kero” durante dez anos

0
680
O grupo eritreu Anseba está autorizado a iniciar a gestão da Rede de Hiper e Supermercados “Kero”, para um período de dez (10) anos, sem opção de compra, após assinatura do Contrato de Cessão do Direito de Exploração, esta terça-feira, dia 11, com o Instituto de Gestão de Activos e Participações do Estado (IGAPE).

O acordo contempla a gestão de doze (12) lojas, com seis mil metros quadrados de área de venda em média, das quais oito (08) estão localizadas em Luanda, incluindo a do Kero Gika que fechou portas em Agosto, e quatro (04) distribuídas pelas províncias de Benguela, Huíla e Huambo, indica uma nota chegada hoje à Angop.

Entretanto, a entrega formal do dossier do direito de exploração e gestão da Rede, antes gerida pelo Grupo Zahara Comércio, aconteceu a 2 de Dezembro último, depois do lançamento, em Julho do mesmo ano, do Concurso Público Internacional para a Cessão do Direito de Exploração e Gestão dos referidos activos.

Na altura, por via de um comunicado, o IGAPE explicou que a decisão da Comissão de Negociação desse concurso público foi favorável ao Grupo Anseba, tendo uma pontuação de 66,2 pontos, divididos pelas componentes corporativas (8,9 pontos), financeira (34,6 pontos) e técnica (com 22,6 pontos).

A Comissão deliberou a aprovação e a qualificação do concorrente Anseba, que bateu na corrida o Alimenta Angola, depois da exclusão do terceiro concorrente, a Camarufi.

“Nos termos legais, seguiu-se a notificação dos concorrentes para a audiência prévia referente à fase de avaliação das propostas, momento em que os concorrentes tiveram a oportunidade de apresentar eventuais reclamações sobre o sentido do relatório de avaliação das propostas, sem que o tenham feito”, referia o documento.

Subsequentemente, iniciou-se a fase de negociação das propostas, que incidiu especificamente sobre a componente financeira dos critérios de avaliação, de que resultou uma nova ponderação e a elaboração do Relatório Preliminar de Negociação que indicou, igualmente, a vantagem relativa do Grupo Anseba.

No comunicado, o IGAPE clarificou que após a notificação do Relatório Preliminar de Negociação, e em sede da audiência prévia, a concorrente Alimenta Angola exerceu o seu direito para contestar a decisão preliminar da Comissão de Avaliação, uma acção quase sem substância para influenciar no processo e no vencedor.

“O Concurso Público para a Cessão do Direito de Exploração e Gestão da Rede de Hiper e Supermercados KERO cumpriu com toda a tramitação administrativa necessária e considera-se em conformidade com o respectivo Programa e com a Lei dos Contratos Públicos”, atestou o IGAPE na sua nota.

 

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments