Angola: Ativista Nito Alves está fora de perigo e apresenta quadro clínico estável

0
234

O activista cívico, Nito Alves, espancado brutalmente pela Polícia Nacional durante a manifestação de 11 de Novembro corrente, está em estado de saúde estável, após ter sido evacuado de emergência com ferimentos graves e inconsciente para o Hospital do Prenda.

De acordo com o activista Xitu Milongu que acompanhou Nito Alves até às últimas horas desta quarta-feira, 11, o deputado independente e advogado David Mendes, foi ao encontro destes fazendo com que os efectivos do SIC não levassem para parte incerta o integrante do processo 15+2 que lutava pela vida na sala de cirurgia do acima referido hospital.

Conforme a mesma fonte, o activista teve que  passar lá a noite por medidas de precaução e posteriormente fazer alguns exames, antes mesmo de receber alta médica, devido aos golpes que levou na região da cabeça, tendo levado mais de 5 pontos.

“Acabo de sair do hospital do Prenda.

O estado clínico do nosso Mano Nito Alves é estável. Continuamos a resistir. Afinal somos nós a RESISTÊNCIA”, foram as palavras com que informou o também activista, Xitu Milongu.

De salientar que, o activista cívico, Nito Alves, ficou gravemente ferido e inconveniente após ser agredido fortemente pela Polícia Nacional, nas imediações do Comando Provincial da Polícia Nacional em Luanda, durante a concentração para os protestos deste 11 de Novembro, quando Angola celebrava os 45 anos de Independência Nacional do colono português.

No final da tarde do mesmo dia de protestos pela cidadania, pelo fim do elevado custo de vida e desemprego, denúncias davam conta que agentes da corporação, afectos ao Serviço de Investigação Criminal (SIC), ficaram mais de duas horas, no Hospital do Prenda, em Luanda com uma viatura de chapa LD-82-18-HJ, com a missão de tirar o activista Nito Alves da sala de cirurgia para um lugar incerto.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here