Angola: Carta Aberta á Dr. António Guterres

0
161
Á Sua Excelência Senhor Secretário Geral das Nações
Unidas, Dr. António Guterres.
“Nova-York”
 
Ass: Comunicação:
 
Excelência,
Em primeira instância pedimos as nossas sinceras disculpas por extrair o seu preciso tempo de trabalho reservado as multiplas tarefas ligadas as Nações Unidas, na leitura e interpretação desta nossa comunicação, desejando lhe uma optima Saúde.
 
Em segundo lugar, rogamos a V/Excelência que esta missiva lhe chega as mãos em nome do Auto-Comando geral da FRISILT e do nosso Povo.
 
Excelência,
Como temos estado apelar constantemente, a V/Excelência, e demais organizações Internacionais, que o nosso povo não faz parte de Angola e que, estamos sendo governados injustamente pelos Angolanos, de origens duvidosas, neste preciso momento gostariamos de efactizar o seguinte:
Excelência,
 
Segundo a O.M.S, a Pandemia que globalizou o Mundo em menos de (5)Cinco meses, teve a sua origem na China, se que o Mundo tomasse conhecimento da sua existência do modo a precaver-se e começou houver acusações entre as Nações poderosas.
 
Excelência,
No caso de Angola, a dita Pandemia teve origem em Portugal, onde os cidadãos angolanos contrairam essa doença e ao entrar em Angola infectou outras pessoas, segundo as autoridades angolanas.
 
Excelência,
Logo no preciso dessa doença, nós tinhamos apelado que, a Lunda não será objecto dessa doença, mas os angolanos, teimosamente cientes de que esse território foi conseguido por intermêdio de Portugal, enviaram os seus aliados Cubanos para poderem fabricar Coronavirus Covid-19 no nosso território.
 
Excelência,
Como tínhamos afirmados recentemente que a vinda do Presidente Dr. João Manuel Gonsálves Lourenço, ao nosso território acarretava consigo a diciminação do Covid-19 no nosso País, devido onó, de efectivos Militares, Policial e funcionários Ministeriais, decorrido quase 30 dias, os Cubanos vindo de Angola, uma veis que, não têm como justificar a sua estadia ao centro do Império Lunda, sem qualquer resultado, do dito Coronavírus, fabricaram dados segundo os quais, já existem 14 casos no centro da Lunda cuja as origens não conseguem explicar.
 
Excelência,
Se Durante 06 meses nunca houve nenhum caso de Coronavírus do Covid-19, como é que em menos de 30 dias aparecem esses casos depois da estadia do presidente Angolano na Lunda?
 
Excelência,
Se o executivo Angolano, pretende enganar a O.M.S, devido os valores monetários que recebeu da O.M.S, Nós não concordamos que esses doentes sejam Locais. Se for verdade, esses dados ja podiam ser divulgados desde o princípio da Pandemia.
 
Excelência,
Perguntam, ao presidente angolano, se os Militares da U.G.P, Polícia e funcionários vindos de Angola, tiveram algum teste sobre Coronavírus Covid-19 antes de entrar no nosso País, já que os demais cidadãos residentes em Luanda não podem sair daquela orla do Mar sem testes?
 
Excelência,
Esta Política do governo angolano, visa diciminar a doença no nosso País, para diminuir a população. Portanto se a situação evoluir para o pior, nós vamos dar resposta para que os angolanos sáibam quem somos nós.
 
Excelência,
Estamos quase no fim do ano 2020, e os nossos apelos tem sido de persuadir a Comunidade Internacional, as Nações Unidas e o governo Português, sobre a presença angolana, no nosso território que não lhes pertençe, onde acusamos entidade Portuguesa, como culpado dessa situação.
 
Excelência,
Este é o teor da nossa comunicação face a situação que premeditamente os angolanos, criam para enganar a O.M.S, e outras entidades afins.
 
Excelência,
Para terminar, pedimos a V/Excelência, no sentido de informar a Comunidade Internacional, sobre as Políticas do executivo Angolano para com este Povo.
 
Excelência,
Nesta senda de pensamentos, auguramos votos de esperança e subscrevemo-nos com estima e alta Consideração.
 
Lunda, 09 de Novembro de 2020.
——————————————————–
Auto Comando da FRISILT.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here