Angola: Clínica Girassol abandonada na sombra da corrupção

0
361

A gestão da Clínica Girassol era realizada à luz de excessiva corrupção, não é à toa que ambos os dirigentes (Director Geral e Director Administrativo) traduziram – se em super – milionários num abrir e fechar de olhos.

Ambos os patrões da corrupção no ramo da saúde, têm um valor líquido acumulado em suas contas que vai além dos 60 milhões de USD. Esses algozes desviaram para as suas contas particulares bastante dinheiro que serviria tão bem para dar qualidade aos serviços de saúde no País, os visados terão transformado a Clínica Girassol num verdadeiro quartel da corrupção em Angola.

Os visados faliram completamente a Clínica Girassol, e transformaram aquele projecto num desastre colossal. O sonho de ter uma clínica que viesse evitar a transferência de doentes para o exterior do País não adveio, Nené Filipe e Sabino Vasco adiaram o sonho do povo angolano, tendo transformado uma Clínica construída com o dinheiro do Estado numa fazenda lucrativa para seus interesses particulares.

Até então, a Clínica Girassol não lucrou nada, mas absolutamente nada, apenas retirou do Estado somas avultadas de milhares de dólares para dar lugar aquela que era a pilhagem mais aberrante do sector da saúde em Angola. Os Donos Daquela Clínica mamaram todo dinheiro investido pela Sonangol para dar lugar à um projecto brilhante no fórum da saúde em Angola. A Clínica meramente serviu de bastião da corrupção em vez de servir de meio para salvar vidas afectadas por vária ordem de patologias.

Apesar de ambos os visados terem transformado a Clínica Girassol num quartel de corruptos e ladrões, ambos foram totalmente galardoados pelo actual Executivo dirigido por JLO: “Nené Filipe continua no destino da Clínica Girassol, na mesma posição à que estava no passado, sendo o Director Geral, e o seu homólogo, Sabino Vasco, foi nomeado como responsável pelo corpo clínico do Presidente da República”.

É coisa para dizer, a corrupção em Angola compensa de maneira abismal, os homens que afundaram completamente a Clínica Girassol, ainda assim, merecem todos os títulos de poder na área da saúde, são os que entram, e saem no palácio presidencial, quando o tema à ser expresso, é a saúde de JLO.

O que mais nos preocupa, não é o quanto roubaram aos cofres do Estado, aliás, Angola foi mesmo um verdadeiro corpo inerte onde cada abutre vinha debicar o seu pedaço, o que nos preocupa é o facto dos visados terem praticado não só crimes de corrupção, peculato, associações criminosas, branqueamento de capitais e nepotismo, mas também crimes contra a humanidade, transformaram variados enfermeros de forma imperativa em homossexuais ou bissexuais, na verdade, destruíram a fisiologia humana de muitos enfermeiros para servirem aos seus caprichos particulares.

JLO na qualidade de “Titular do Poder Executivo” se apresenta face aos maiores criminosos do ramo da “Saúde de Angola” de maneira completamente inofensivo, não se fala nada desses dois vilões que terão desviado recursos do País para atender os seus interesses particulares. Sabino Vasco é doutorado em roubalheira, aliás, a roubalheira é seu prato precioso, domina o negócio quando o tema à ser tratado é corrupção. Até então, não se sabe o porquê da nomeação de um corrupto à esfera de Sabino Vasco ao cargo de responsável pela área Clínica da Presidência da República.

Vasco terá praticado todos os crimes condenáveis à prisão, mas até então, permanece totalmente protegido. Vasco praticou muita corrupção no passado, ainda assim, continua a praticar aos nossos dias, porém, teve a honra de ser galardoado com a posição cimeira de responsável pelo sector clínico da Presidência da República, é pois, voltar a colocar a raposa no galinheiro para dar cabo de todo o aviário.

Nené Filipe não tem moral nenhuma para manter – se em frente dos destinos da Clínica Girassol, face à corrupção praticada por ele, enquanto Director Geral da instituição supracitada, Filipe transformou aquela Clínica num verdadeiro covil de ladrões, desviaram quase todos os fundos da clínica na companhia dos seus apaniguados, porém, não mereceu nenhum mexerico por parte do Dono Disto Tudo, apesar das travessias conjugadas por ambos os intrépidos, que transformaram uma clínica do Estado em sua propriedade privada, não se ouve nada em torno da questão citada.

O elevado grau de corrupção que terá ocorrido à esse nível não permitiria que até então, ambos os visados permanecessem em frente dos destinos daquela unidade de âmbito hospitalar, roubaram tudo mais alguma coisa, e construíram as suas fortunas do nada. Porém, a Clínica permanece como está, inoperante, despida de qualidade, com uma assistência médico – medicamentosa totalmente medíocre, onde morre – se mais pacientes do que salvos, onde cometem – se erros médicos do tamanho de uma montanha, há tanta maldade intacta naquele lugar que deixa à desejar, apesar de ser a clínica que alberga figuras diplomáticas mais ecoantes do País, essa clínica não se dispõe de qualidade nenhuma desde o ponto de vista assistencial, comete – se todos os erros neste lugar, até erros inaceitáveis. Porém, enquanto muito se fala do combate à corrupção, os grandes corruptos continuam em frente do destino desta clínica, mas nada acontece com os visados.

Se realmente existe luta contra a corrupção, não se poderia poupar alguns, enquanto outros permanecem no banco dos réus, todos seriam reféns do combate à corrupção, não obstante, isto não tem estado à acontecer no nosso meio, enquanto Zenu dos Santos foi levado à prisão de maneira desumana, Augusto Tomás, até então, foi o mais injustiçado neste processo todo, Zé Maria foi julgado e condenado por desviar papéis, Dino e Cope foram – lhes retirado tudo, tendo ficado de mãos cheias de nada Todavia, Edeltrudes Costa, Manuel Vicente, Álvaro Sobrinho, Nenê Filipe e Sabino Vasco, apesar de roubarem tanto, permanecem totalmente livres de todos os crimes por eles produzidos, nada se lhes diz, corruptos e ladrões daquele âmbito não mereceriam mais confiança do Estado Angolano.

É engraçado quando o “Executivo” dirigido por JLO quer transparecer haver combate à corrupção em Angola, enquanto isso, manipula todas as variáveis, persegue alguns, e limita – se à proteger outros, onde é que já se viu um corrupto da esfera de Sabino Vasco merecer o papel de responsável pelo sector clínico da Presidência da República? Poderá um corrupto à esfera de Sabino Vasco cumprir com o necessário para o combate à corrupção imposto por JLO? De certo que não, Sabino Vasco é daqueles corruptos que o mundo tem poucos, fez do erário público investido pela Sonangol na Clínica Girassol seu próprio dinheiro, ao longo da sua caminhada, na companhia do seu confrade Nené Filipe dedicou – se de forma categórica no desvio sequenciado de milhares de dólares para abarrotar as suas contas privadas. O que se vê aos nossos dias é uma total protecção à essas duas figuras que engajaram – se do desenvolver rítmico de variadas formas de corrupção tendo sustentado uma enriquecimento totalmente ilícito.

A ladroagem praticada na Clínica Girassol supera à qualquer forma de ladroagem que tenha sido expressa em Angola, admira – se como é que Nené Filipe e Sabino Vasco ladrões tão aptos em roubalheira mereçam tanta confiança por parte dos Donos Disto Tudo, ao ponto do primeiro continuar em frente dos destino da Clínica dos Dirigentes do MPLA e o segundo merecer a posição de responsável pelo corpo clínico da Presidência da República, há exacerbada ironia no governo de JLO, JLO diz que está a combater a corrupção mas tem as suas mãos algemadas de receio de colocar o dedo e assinar exoneração dos ladrões que fizeram da Clínica Girassol em propriedades suas. Persisto dizendo não haver nenhum combate à corrupção, expressando – se apenas uma vingança e caça – às – bruxas, num verdadeiro combate à corrupção, Nené Filipe e Sabino Vasco não mereceriam mais os lugares à que hoje ostentam, seriam imediatamente excluídos da actual governação, porém, não se observa nada à respeito de tão loquazes pilhadores do erário público.

Um erro sem número que jamais deve ser esquecido expressa – se numa verdadeira violação dos direitos humanos, esses dois directores transformaram um terço dos enfermeiros da Clínica Girassol em bissexuais ou homossexuais, uma violação cabal dos direitos humanos, que quiçá, responderiam em Haia por terem praticado crimes contra a humanidade que visava perverter a opção sexual dos enfermeiros que prestavam serviços de saúde neste lugar, transformando – os em verdadeiros cobaias do uranismo ou pederastia.

Há variados enfermeiros que foram forçados a dar o cú sob risco de verem o pão a ser – lhes roubado, razão mediante a qual, até então, se questiona porque é que JLO apesar da violação sequencial dos direitos humanos praticado nesta Clínica dos Dirigentes do MPLA, ainda assim, persiste em manter Sabino Vasco, como responsável pelo corpo Clínico da Presidência da República e Nené Filipe como Director Geral da Clínica Girassol?!

Ambos os visados transformaram a Clínica Girassol como se fosse suas casas, terão realizado tudo à seu bel – prazer até deixarem homens normais transformados em bissexuais ou mesmo em pervertidos sexuais (paneleiros), coisa essa que, lesa a sensibilidade de qualquer um que seja humano, razão mediante a qual, enfermeiros que defendem a sua honra e a sua dignidade preferiram apartar – se daquela clínica que continuarem a trabalhar naquela clínica sendo utilizado como robos sexuais para atender o prazer de diversar entidades do forum homossexual.

 João Henrique Hungulo

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here