Angola: COVID-19: Malanje prepara-se para testes em massa ao novo coronavírus

0
161

Primeira morte naquela província angolana e 36 profissionais de saúde infectados obrigam reforço do combate à doença

A covid-19 provocou a primeira morte de um paciente de 80 anos de idade na província angolana de Malanje.

O município sede, epicentro da pandemia na região, regista 121 casos positivos, dos quais um recuperado, distribuídos por 13 bairros da cidade, o que impõe a testagem em massa dos moradores das áreas infectadas, confirmou o coordenador da subcomissão técnica de saúde de prevenção e combate à Covid-19, Avantino Sebastião.

A VOA soube de fonte segura que o novo tipo de testes rápidos comprado pelo Governo angolano na República da Alemanha ainda não tinha chegado a Malanje até ao início da tarde desta segunda-feira, 2, condicionando assim o início dos testes massiva.

O grupo restrito da Comissão Provincial Multissectorial, reunido no final de semana sob orientação do seu coordenador Norberto Fernandes dos Santos, decidiu interferir junto das estruturas centrais para o reforço da fiscalização da entrada e saída de pessoas da província.

Entretanto, o desrespeito das medidas de biossegurança é visível em Malanje, o que levou a comissão multissectorial a recomendar o reforço do cumprimento das mesmas

Por outro lado, 36 profissionais da saúde estão infetados pela covid-19.

Para impedir a propagação da doença, serão transferidos para esta capital os médicos de nacionalidade cubana contratados e especialistas das Forças Armadas e da Polícia Nacional.

Texto da VOA

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here