Angola: Deslizamento de terras mata “três garimpeiros” e fere outros dois na província da Huíla

Um desabamento de terras matou três pessoas e deixou duas gravemente feridas, na localidade de Mopopo, comuna de Cassinga, província angolana da Huíla, quando se encontravam a explorar ouro, informaram hoje as autoridades locais.

Segundo o administrador comunal adjunto de Cassinga, José Cahala, o incidente ocorreu na noite de quarta-feira, quando os indivíduos, com idades entre 22 e 38 anos, se encontravam a realizar escavações, atingindo já mais de oito metros de profundidade, para explorar ouro numa mina artesanal.

“Os dois feridos graves são naturais de Cuvelai, província do Cunene, e encontram-se a receber assistência médica no Cuvelai. Os três corpos já foram retirados e entregues às famílias e foram enterrados ontem [quinta-feira]”, disse José Cahala, em declarações à rádio pública angolana.

 

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments