Angola: João Lourenço manteve encontro com filhos de “Jonas Savimbi”

0
181

O Presidente angolano, João Lourenço, recebeu hoje em audiência, seis filhos de Jonas Savimbi, fundador da UNITA, que foram agradecer ao chefe de Estado o apoio na trasladação dos restos mortais do pai para Lopitanga.

“Os descendentes de Savimbi deslocaram-se à Cidade Alta para manifestarem, pessoalmente, o agradecimento ao chefe de Estado pela sua ação direta no processo de trasladação dos restos mortais de seu pai”, segundo uma nota da presidência, divulgada na sua página oficial da rede social Facebook.

Em declarações à imprensa, Durão Sakaita Savimbi, o mais velho dos 30 filhos de Savimbi, disse que o encontro serviu para mostrar o seu apreço pelo Presidente angolano.

“A pessoa que teve a coragem política, abertura e a humanidade de fechar este processo, que culminou com a devolução dos restos mortais do nosso pai à família, foi o Presidente da República, João Lourenço”, frisou Durão Sakaita Savimbi, citado no Jornal de Angola.

O líder histórico da UNITA, Jonas Savimbi, foi morto em combate pelas forças armadas governamentais, em 22 de fevereiro de 2002, na comuna do Lucusse, província do Moxico, e o seu corpo sepultado em Luena, capital da província.

Os restos mortais do dirigente da União Nacional para a Independência Total de Angola (UNITA) estiveram à guarda do Governo, depositados desde 2002 no cemitério municipal do Luena (província do Moxico), tendo sido recuperados oficialmente pela família em 31 de maio de 2019 no Andulo.

Mais de 10 mil pessoas juntaram-se em 01 de junho de 2019 para um derradeiro adeus a Jonas Savimbi, numa cerimónia religiosa que decorreu na terra natal dos pais do cofundador do “partido do galo negro”, Lopitanga, na província do Bié.

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here