Angola: Mensagem de “Abílio Kamalata Numa” para jovens da UNITA

0
194
Quando fui para UNITA em Agosto de 1974 pelas mãos do saudoso velho Geremias Kussia que na altura vinha de São Nicolau onde andou preso depois de saído dos treinos em Nanquim/ China, encontrei na concentração da Base de Sakalemba sob comando do Velho Miguel N”zau Puna os camaradas Tito Chingunji, Alberto Joaquim Viana, Elias Salupeto Pena, Geraldo Sachipengo Nunda e outros, aquém se juntou Alicerces Mango com quem viajei de comboio, idos de Benguela com os camaradas Marcial Yameni, Nicolau Inaundafa, Lucas Tukongeleni.

Este foi o primeiro grupo de mais de cem jovens que tiveram o primeiro curso político com Dr. Savimbi depois da guerra anti-colonial na Base Central do Massivi.

Deste grupo muitos chegaram longe como dirigentes do Partido. Outros foram medianos, outros que serviram como activistas e outros que fracassaram.

De 1974 a 1979, andei cinco anos a servir e a ver meus colegas a subir na hierarquia do Partido e das FALA. Meu posto militar em 1979 era de Alferes e meus colegas do primeiro curso muitos já eram Majores, outros Tenentes Coronéis. Muitos a saírem para cursos no exterior, apesar de eu na altura apresentar o curriculum de 7° Ano Liceal que poucos tinham feito.

Isso não me frustrou, continuei a investir em mim, lendo e trabalhando muito. Meus camaradas das TRMS sabem o que digo.

Em 1979, depois da 12a Conferência Anual surge a minha oportunidade com a nomeação para Comissário Político das TRMS.

Todos sabem que depois disso foi um disparar na subida como dirigente do Partido e Comandante das FALA. Cheguei a Membro do Bureau Político no tempo do Presidente Fundador. Cheguei a Cabo de Guerra, Comandante Quadro (Clube restrito de apenas 5 Generais da UNITA) e General de Exército pelas FALA.

Durante este percurso muitos jovens tiveram oportunidades iguais e falharam.

Durante o período da minha ibernação institucional, não provocada por mim, teria perdido oportunidades, que tive no futuro, se tivesse optado por acções negativas.

Vejo muitos de vocês a seguirem pessoas e a não olharem para seu potencial, investir neste potencial e prepararam-se para o futuro de Angola e da UNITA.

Ajudem-se a vocês mesmos. Exijam a acção vigorosa da Escola do Partido para vossa formação. Não sejam jovens que julgam saber tudo, isto é mau.

Vamos para acção revigorante da nossa juventude. Ser braço de apoio a Direcção do Partido representada por Adalberto Costa Júnior.

Viva Angola e a UNITA que precisam de vocês.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here