Angola: Regime prepara-se para reprimir manifestação de 11 de novembro

0
224

Estão a ser assinaladas várias movimentações do regime no sentido de criar um ambiente de intimidação e desmobilização dos jovens que nas redes sociais expressam interesse em participar na manifestação agendada para quarta-feira, 11 de novembro.

Informação que chegou ao Confidence News, indica que várias personalidades, incluindo religiosas foram orientadas a falar para órgãos de comunicação social   apelando aos jovens para não se manifestarem e darem garantias de que o governo já está a resolver os problemas dos jovens.

Por outro lado, o regime está a ser acusado de promover uma campanha de desinformação dos motivos da manifestação e a disseminar nas redes sociais, mensagens de apoio a vandalização de bens públicos, para desincentivar a ida às ruas.

De acordo com uma fonte, os últimos discursos do comandante geral da Polícia Nacional e a exibição de material bélico, são parte do programa de intimidação.

O programa, adiantou a fonte, inclui em última instância, privar a liberdade dos coordenadores da manifestação, que já estão sob vigilância apertada, horas antes da mesma acontecer, o que levaria a uma descoordenação total do programa.

A fonte denunciou a existência pessoal dos serviços de inteligência preparado criar acções de vandalismo e fazer a sociedade aos poucos desistir da ideia de manifestações, por trazerem confusão ao país.

Uma coisa o regime já conseguiu, afirmou, foi afastar o maior partido na oposição, deste grande movimento de reivindicação social.

Texto do Confidence News

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here