Angola: Saiba o porquê que a “Sonangol não consegue livrar-se da Trafigura”

0
299
Como resultado das dificuldades da administração da Sonangol em construir um novo terminal para armazenamento de combustíveis, a Trafigura continua sendo a única empresa capaz de estocar produtos petrolíferos importados em grandes quantidades em Angola.

A Pumangol, uma subsidiria da  Trafigura, controla a maioria dos depósitos de armazenamento de petróleo em Angola.

A multinacional suiça era intocável pelo anterior governo, graças ao seu parceiro local, Cochan, propriedade do general Leopoldino Fragoso do Nascimento, também conhecido como “Dino”.

Nascimento está sob alçada da justiça angolana, tendo recentemente procedido a entrega de alguns bens adquiridos com recursos do estado.

De acordo com o site África Intelligence, a capacidade da Pumangol em abastecer o mercado angolano estão a tornar-se cada vez mais insuficientes. As cargas muitas vezes têm que esperar dias no mar antes de serem capazes de descarregar os seus produtos petrolíferos, resultando em preços mais altos nas bombas espalhadas pelo país.

O governo angolano está a trabalhar no processo da construção de duas refinarias, uma vez que a única existente em Luanda, mal cobre um terço das necessidades do país.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here