Angola: Secretário da UNITA propõe aos dirigentes do MPLA a capacitar-se

0
194

O pronunciamento do secretário provincial da UNITA do Kwanza-Sul, Armando Manuel Kakepa, tem a ver com farpas lançadas contra o seu partido pelo segundo secretário provincial do MPLA, Agostinho Mikinho Domingos Casseça.

Agostinho Casseça fez tal pronunciamento na vila da Conda, tendo destratado os partidos da oposição com destaque para UNITA, acusando-os de nada estarem a fazer senão fomentar confusão e discórdia entre os kwanzasulinos.

“Nenhum outro partido conseguiu e conseguirá fazer aquilo que o nosso glorioso partido tem estado a fazer. Se, se arrogam que são capazes de fazer o que o MPLA faz, porquê que não fizeram? Se, se arrogam que têm hoje quadros capazes de, de igual para igual connosco ombrear a nível de realização, porquê que não fizeram? Nós MPLA pelo menos fizemos a nossa parte e, o país tem rumo, o país tem desenvolvimento, o país tem crescimento. Não é ainda satisfatório e o que queremos pedir aos nossos adversários é que nos deixem trabalhar. Se não querem ajudar, que não atrapalhem aquilo que o governo suportado pelo MPLA tem estado a fazer. Não se faz país com pensamento medíocre. As pessoas têm que ter a capacidade, se querem o poder que esperem e vamos nos confrontar nas próximas eleições”, disse.

Em resposta, o secretário da UNITA, Armando Kakepa, disse haver falta de cultura pedagógica no seio dos dirigentes do MPLA local ao que, segundo disse, é preciso que se sentem novamente em carteiras escolares para entenderem claramente o civismo no seio da população.

“Falo especificamente ao meu correligionário, o meu compatriota. É triste o que se observa pelo território do Kwanza Sul. Quem vai ao Condé, no bairro Sanga, vai encontrar a bandeira do MPLA pendurada na árvore e, eu interrogo-me: Será que o meu compatriota, o meu companheiro o segundo secretário do MPLA, tem problema de visão? Se tiver problema de visão vamos lhe canalizar para Benguela para tratar”, salientou.

O responsável do “Galo Negro” lamenta pelos pronunciamentos proferidos pelo segundo secretário do MPLA. No seu entender, os pronunciamentos dos dirigentes do MPLA local estão totalmente deslocados.

“Fica um alerta para os nossos companheiros, correligionários do MPLA aqui no Kwanza Sul, honestamente falando a história de cinco zero acabou e, eles que se preparem mesmo para uma derrota horrível. Isto aqui está confirmado 100%, se ainda têm dúvidas devem vir aqui no meu gabinete, vou lhes dar uma aula para entenderem como é que as coisas estão aqui no Kwanza-Sul”, retorquiu, acrescentando que “ele é que precisa de afinar bem a sua máquina e voltar a sentar na carteira e ler um pouquinho mais sobre o civismo e a ética, porque a política não está em cima da ética”.

Armando Kakepa deixa uma alertar ao João Lourenço. “Tenha cuidado com os angolanos. Angola não é só dos dirigentes do MPLA. Angola é de todos nós. Por isso é que não pode haver brincadeira neste país. A UNITA tem estratégias claras e, eu aconselho mesmo ao senhor Presidente da República para ter muito cuidado com os conselheiros falsos que andam a sua volta, andam a lhe induzir no erro”.

Fernando Caetano

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here