Argentina: Diego Maradona morre após parada cardiorrespiratória

0
437

O ídolo argentino havia dado entrada no hospital em 2 de novembro, poucos dias depois de completar 60 anos, para uma cirurgia no cérebro. Ele arremata alta 10 dias depois para iniciar o tratamento contra o alcoolismo.

Por causa da recuperação, Maradona estava novamente ao comando do Gimnasia y Esgrima La Plata. Maradona deixa cinco filhos e quatro netos. Segundo o próprio advogado de Maradona, ele ainda teria mais três filhos não segundo.

Considerado um dos melhores jogadores de todos os tempos, o craque argentino começou uma carreira no Argentinos Juniors. Ele ainda teve muito destaque com as camisas do Boca Juniors, Barcelona e Napoli. Na seleção argentina, a camisa 10 foi o grande nome da conquista do bicampeonato mundial na Copa do Mundo de 1986.

“Até sempre, Diego. Será eterno em cada coração do planeta do futebol”, escreveu o perfil da seleção argentina no Twitter.

O Craque das Copas

Maradona estreou pela seleção da Argentina em 1977 com apenas 16 anos. E mesmo já sendo um craque, acabou não sendo convocado para a Copa de 78, em casa, que registrou o primeiro título argentino.

O sucesso no Mundial veio oito anos depois, em uma atuação antológica na Copa do México. Maradona levou a Argentina ao bicampeonato e fez dois gols que entraram para a história: um driblando toda a defesa da Inglaterra, e outro com a “Mão de Deus”, também contra os ingleses.

Maradona ainda teve uma outra chance de ser campeão do mundo. Em 1990, após eliminar o Brasil, ele levou a Argentina à final contra a Alemanha, mas acabou sendo derrotado.

O craque ainda fez uma sua despedida dos gramados de Copa em 1994, mas foi de uma maneira melancólica. No Mundial dos Estados Unidos Maradona foi flagrado no exame antidoping.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here