COVID-19: Angola regista mais “três mortes e 51 novos casos em 24 horas”

0
146
Angola somou mais três mortes e 51 novos casos de covid-19 em 24 horas, assim como 27 doentes considerados recuperados, anunciou hoje a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta.

Dos novos casos, 31 foram registados na província de Luanda e oito no Huambo, três no Bié, três na Huila, dois em Benguela, dois em Malanje, um no Moxico e um na Lunda Norte, com idades entre 3 meses e 88 anos, sendo 28 do sexo masculino e 23 do sexo feminino.

De acordo com as autoridades de saúde angolanas, foram também registadas três mortes, com idades entre 37 e 70 anos, todos angolanos, sendo as vítimas duas mulheres e um homem.

Foram consideradas recuperadas da doença 27 pessoas, das quais 10 em Luanda, oito na Lunda Norte, oito no Bié e uma em Luanda, com idades entre 14 e 63 anos.

A ministra da Saúde assinalou que o país passa agora a somar 20.163 casos desde o início da pandemia, incluindo 478 óbitos.

Segundo a governante, 18.623 pessoas foram dadas como recuperadas, havendo registo de 1.062 casos ativos.

Entre os casos ativos, nove estão em estado crítico e 12 em estado grave.

Durante o último dia, os laboratórios processaram 1.049 amostras, num cumulativo de 370.581 amostras.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.325.744 mortos no mundo, resultantes de mais de 106,4 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Segundo os dados mais recentes do Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), o número de infetados neste continente desde o início da pandemia é de 3.667.546 e o de mortes 95.075.

O primeiro caso de covid-19 em África surgiu no Egito, em 14 de fevereiro, e a Nigéria foi o primeiro país da África subsaariana a registar casos de infeção, em 28 de fevereiro.

A covid-19 é uma doença respiratória causada por um coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here