COVID-19: Cidadãos do Brasil e da Índia têm “entrada interditada” em Angola

0
153
Cidadãos do Brasil e da Índia, bem como qualquer pessoa que tenha passado por aqueles países, estão interditados de entrar em Angola até o dia 8 de Junho, de acordo com um decreto presidencial publicado neste sábado, 8, e que entra em vigor na segunda-feira. Medida entra em vigor na segunda-feira e dura até 8 de Junho, bem como novas restrições em Luanda

A legislação assinada pelo Presidente João Lourenço impõe novas medidas de combate à Covid-19 no país devido ao “aumento acelerado de casos positivos, aumento de mortes por covid-19 e o registo de novas variantes”, nomeadamente a sul-africana e inglesa, explicam as autoridades angolanas.

O “alto nível de contágio das novas variantes e a respectiva alta letalidade” são outros dos motivos do reforço das medidas.

O ministro de Estado e chefe da Casa Civil do Presidente da República, Adão de Almeida, disse em conferência de imprensa que as entradas e saídas de Luanda são permitidas apenas para transporte de bens essenciais e questões de saúde, mas que não seja por Covid-19.

Entre sexta e sábado, o país registou mais 276 casos e dois mortos, elevando o total acumulado de infecções para 28.477 e 630 mortos.

Refira-se que todas as províncias já registaram casos da Covid-19, mas as variantes inglesa e sul-africana encontram-se apenas na capital, Luanda.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here