EUA: A “aberração” da Universidade Angolana

0
161
Pediram-me para abordar este assunto, muito sensível. Mas de princípio é necessário fazer algumas questões, tais como:
 
  • Qual é o real papel da universidade?
  • Quem pode ser Docente na universidade?
  • Como está a universidade?
 
Aí que dor, passo a analisar, da última para primeira questão. Ao meu ver, a universidade está aquém dos objetivos pela qual foi criada, pois, por hoje ela reprenta uma aberração e vergonha, tudo por constituir um núcleo de formadores sem ciência e sem amor ao conhecimento científico, isto é, a julgar pelo comportamento anticientífico de alguns docentes. Penso que o docente universitário por natureza do exércicio deve ser amante do conhecimento, pesquisador, e produtor de ciência.
 
Como é possivel um docente não ter artigos, livros ou brochuras publicadas durante muito (todo) tempo? Isso é grave, já que são bons em orgulharem-se até sobre aquilo em que não tenham nenhum mérito, deviam é produzir ciência pra justificarem a sua tola arrogância e prepotência.
 
Por hoje o real papel da universidade, ou seja, de alguns Docentes que caíram de paraquedas na universidade é perseguir estudantes, invejar colegas, bajular chefes e bloquear ascensão e promoção de Docentes competentes.
 
Criando núcleos de estudantes lambe-botas, engraxadores e bajuladores, pra servirem de extensão de docentes incompetentes no processo de ostracismo de Estudantes que recusam-se a mendigar benefícios que podem alcançar por mérito próprio.
 
Lucrécio Filipe Daniel
Economista, Analista Político, Escritor e Consultor Económico.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here