Governo angolano aprova “aumentos para polícia e exército” na primeira reunião do executivo

0
171
Um ajustamento salarial de 6% a 14% para os órgãos de defesa e segurança, que vai ser aplicado a partir de outubro, foi hoje aprovado na primeira reunião do Conselho de Ministros de Angola (CRA).

O ajuste salarial dá cumprimento à promessa feita pelo Presidente angolano, João Lourenço, no dia da sua investidura, na quinta-feira, quando anunciou que esta seria uma das medidas a tomar nos primeiros dias do seu novo mandato.

O aumento dos vencimentos destina-se aos efetivos das Forças Armadas Angolanas e da Polícia Nacional e anda em torno dos 6%, mas são superiores no caso das categorias mais baixas, devendo ser processado com retroativos desde junho, noticiou a Radio Nacional de Angola.

Segundo a ministra das Finanças, Vera Daves de Sousa, a proposta está assente num ajustamento de 6% e foi considerada uma reserva financeira para este fim, havendo condições para avançar com a sua implementação, que visa melhorar o poder de compra dos efetivos.

Na reunião foi também apreciada uma proposta de revisão da previsão macroeconómica executiva referente ao ano de 2022.

 

 

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments