Portugal: Filho de José Eduardo dos Santos confirma estado grave do ex-Presidente mas tem “esperança que recupere”

0
197
José Filomeno dos Santos confirmou que o pai está “hospitalizado há vários dias” em Barcelona. A situação clínica do ex-Presidente de Angola “não é fácil”, mas há a “esperança” de que não seja irreversível.

José Filomeno dos Santos, filho de José Eduardo dos Santos, confirmou, esta terça-feira, que o ex-Presidente de Angola está internado numa clínica em Barcelona, encontrando-se em estado grave.

“Confirmo que o meu pai está hospitalizado há alguns dias”, afirmou José Filomeno dos Santos, em declarações à SIC Notícias. Embora a situação clínica de José Eduardo dos Santos não seja “fácil”, há a “esperança” de que recupere. “Estão a ser feitos exames [na clínica] e continuamos a ter esperança de que ele recupere e de que não se confirmem lesões cerebrais irreversíveis. Continuamos a acreditar que podemos ter boas notícias.”

Questionado sobre por que razão o ex-Presidente de Angola está em coma induzido, o filho referiu apenas que “essas questões continuam a ser averiguadas” e que vai haver informação “brevemente”.

Uma fonte do gabinete de José Eduardo dos Santos adiantou esta terça-feira ao Expresso que o antigo Presidente de Angola se encontra internado em estado grave numa clínica em Barcelona.

Os resultados dos exames de tomografia realizados na segunda-feira terão dado conta da existência de graves lesões isquémicas no cérebro. Nas últimas horas, a situação “agravou-se consideravelmente”, sendo “praticamente irreversível”, referiu a mesma fonte, acrescentando que “devemos estar preparados para o pior”.

Na sequência das informações, a família terá sido chamada para uma reunião, que deverá acontecer na quarta-feira de manhã, contando com a presença da atual mulher de José Eduardo dos Santos e das filhas Isabel dos Santos e Tchizé dos Santos.

“Os meus familiares estão no hospital diariamente, permanecendo lá durante a noite para fazer companhia ao meu pai”, disse José Filomeno dos Santos, que não poderá deslocar-se à clínica em Barcelona devido ao processo judicial que enfrenta. “Os meus passaportes continuam retidos pelo tribunal e estou impedido de sair do país. É um grande flagelo para a minha família não poder estar reunida neste momento.”

Questionado sobre a “marca” que o pai deixou em Angola, enquanto Presidente do país, José Filomeno dos Santos falou num “legado de muito trabalho” e “muitas transições” num período histórico, após a Guerra Fria, “que não foi fácil”. “É um legado de união do país e de democracia.”

José Filomeno dos Santos foi condenado a cinco anos de prisão, em Agosto de 2020, pelos crimes de burla e defraudação, peculato e tráfico de influências. Interpõs e aguarda a decisão em liberdade. Recorreu da sentença junto do Tribunal Constitucional de Angola e aguarda a decisão do tribunal em liberdade.

 

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments