Portugal: Japão apoia Angola a passar para “Televisão Digital Terrestre”

0
171
O Japão vai ajudar Angola, nos próximos dois anos, a implementar a Televisão Digital Terrestre, com a disponibilização no primeiro ano de 350 mil euros, para o projeto piloto em três províncias, informou hoje o Governo angolano.

O acordo para a efetivação desse processo foi hoje assinado, em Luanda, entre o Ministério das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social e a Japan International Cooperation Agency (JICA).

O processo visa a implementação do plano diretor, incluindo um cronograma de migração para os novos serviços, como a transmissão multimédia e a aquisição de equipamentos, entre outros.

À parte japonesa cabe o apoio técnico, a formação de quadros no país e no estrangeiro e o envio de equipamentos tecnológicos, para que a partir de 2023 esteja garantida a televisão digital terrestre.

Luanda, Malanje e Cabinda são as províncias escolhidas para o arranque do projeto, com a aplicação de 350 mil euros.

Na cerimónia de assinatura, o ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social de Angola, Manuel Homem, citado pela agência noticiosa angolana, Angop, disse que com a televisão digital terrestre o país terá facilidade de transmissão de conteúdos e implementação do programa de educação à distância.

Por seu turno, o embaixador do Japão em Angola, Jiro Maruhashi, realçou o facto de Angola ter adotado o método japonês, garantindo apoio à migração, formação digital da televisão terrestre em Angola.

A Televisão Digital Terrestre, igualmente conhecida por América Televisão Digital Aberta, é uma tecnologia em que uma rede de repetidores terrestres transmite o sinal e televisão por ondas de rádio num formato digital.

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here