“Portugal ultrapassado pela Bélgica nas exportações para Angola no 1º trimestre de 2022” — Instituto Nacional de Estatística (INE)

0
132
Portugal foi ultrapassado pela Bélgica nas exportações para Angola no primeiro trimestre deste ano, mantendo-se a China no lugar cimeiro, segundo o Boletim das Estatísticas de Comércio Externo, publicado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Entre janeiro e março de 2022, a balança comercial de Angola apresentou um saldo positivo de 4,55 biliões de kwanzas (10 mil milhões de euros) devido ao comportamento do preço do petróleo, principal produto de exportação.

No primeiro trimestre, as exportações registaram um aumento do valor total na ordem dos 43% e as importações cresceram 16%.

A China, com 50,9%, foi o principal destino das exportações, seguindo-se a Índia com 12,3%, França com 6,6%, Reino Unido com 4,5% e Emirados Árabes Unidos com 2,8% em relação ao valor total.

A China foi também o principal parceiro a nível de importações, garantindo 13,4% dos produtos importados. Seguiu-se a Bélgica com 12,5%, Portugal com 11,7%, Países Baixos com 6,6%, e Estados Unidos da América com 5,4%.

Entre os países africanos, a África do Sul representou quase 70% das exportações, seguindo-se a larga distância a República do Congo (Brazzaville), com 21%, e a República Democrática do Congo, com 3,3%, enquanto do lado das importações dominaram o Togo (42,3%), África do Sul (37%), Marrocos (5,1%), Namíbia (4,1%) e Egito (2,8%).

 

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments