Sindika Dokolo: UNITEL lamenta “irreparável perda”

0
187

O conselho de administração e colaboradores da operadora de telecomunicações angolana Unitel expressaram hoje “os mais profundos sentimentos de pesar pela irreparável perda” do empresário congolês Sindika Dokolo, que morreu na quinta-feira, no Dubai.

“Foi com imensa consternação que o conselho de administração e colaboradores da Unitel tomaram conhecimento” da morte Sindika Dokolo, refere uma nota de condolências da empresa, assinada pelo diretor-geral, Miguel Geraldes.

“Nos dias de hoje, pessoas como Sindika Dokolo dão-nos força e repto para continuar a acreditar no mundo e nos projetos a que nos propomos”, acrescenta.

O conselho de administração e colaboradores da Unitel consideram que “não era difícil” encontrar no discurso de Sindika Dokolo “a visão transcendental de África, o amor à família, e a postura de um homem moderno que tinha uma ideologia com muito para partilhar”.

“A Unitel solidariza-se com a dor dos familiares, amigos e todos que com ele conviveram nas esferas profissional e pessoal. Não temos palavras de conforto que sejam suficientes para amenizar a dor que a todos assola”, precisa a nota de condolências.

O conselho de administração e colaboradores da Unitel endereçam ainda à família do empresário congolês Sindika Dokolo “os mais profundos sentimentos de pesar por tão irreparável perda”.

Sindika Dokolo, casado com a filha do ex-presidente de Angola José Eduardo dos Santos, Isabel dos Santos, morreu na quinta-feira no Dubai aos 48 anos, enquanto praticava mergulho.

UNITEL

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here