África do Sul: “Registo eleitoral” arranca quinta-feira em Angola

1
142
Os partidos políticos com assento parlamentar na província angolana da Huíla estão prontos para fiscalizar o processo de registo eleitoral oficioso previsto para arrancar nesta quinta-feira, 23. Na Huíla, oposição apela ao registo e promete monitorizar o sistema.

Na Huíla, serão abertos 42 Balcões Únicos de Atendimento ao Público (BUAP) destinados ao processo para atender os 14 municípios.

João Elias, do Partido de Renovação Social, (PRS), diz que a sua organização vai aplicar-se na mobilização dos cidadãos ao registo.

“Vamos mobilizar a nossa população de maneiras que sejamos capazes de enfrentar o futuro”, garantiu.

O secretário da CASA-CE, no Lubango, Domingos Clemente, pede transparência no processo.

“Essa parte informática e técnica precisa de ser revista”, disse, fazendo notar ainda que o processo poderá encontrar dficuldades por existirem comunas onde não há indetificação das pessoas.

Para o secretário provincial da UNITA, Augusto Samuel, a máquina está afinada para este desafio e inclusive para detectar eventuais desvios da lei.

“Temos connosco alguma experiência do passado em que infelizmente os operadores desses processos muitas das vezes desviam-se naquilo que são os preceitos legais e fazem aquilo que lhes convém”, afirmou Samuel indicando a importância da fiscalização, mas “nossos militantes estão preparados para detectar esses desvios”.

Para lá da emissão do cartão de eleitor o BUAP vai encarregar-se nos próximos tempos da entrega do cartão do munícipe e do bilhete de identidade.

A província da Huíla, actualmente com três milhões de habitantes, é a segunda maior praça eleitoral de Angola depois de Luanda.

 

1 COMMENT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here