Angola: Carta aberta á Dr. Marcelo Nuno Duarte Rebelo de Sousa,Presidente da República de Portugal

1
364
FRENTE REVOLUCIONÁRIA PARA À INDEPENDÊNCIA SOCIOLÓGICA E INTEGRIDADE DA LUNDA TCHOKWÉ (FRISILT)
 
À
Sua­ Excelência Dr. Marcelo Nuno Duarte Rebelo de Sousa,Presidente da República de Portugal
=Lisboa=
 
Assu­nto: PORQUE É QUE PORTUGAL TINHA SE LIBERTADO DOJUGO ESPANHOL?
 
Excelência;
Em primeiro lugar pedimos a V/Excelência as nossas sinceras desculpas por importunar-lhe e extrair o seu precioso tempo de trabalho reservado especialmente a causa nobre do Estado Português, na leitura e interpretação desta última carta do ano de 2020, desejando-lhe boas festas e um ano novo próspero, na companhia de todos aqueles que junto labutam em prol da vossa nação.
 
Excelência;
No calendário gregoriano que vigora a nível do mundo, aprendemos que o ano tem 12 meses que corresponde a 365/­366 dias comuns e bissexto, eficientes para desenvolver quaisquer actividades administrativas, sem quaisquer violações dos princípios que norteiam o Direito administrativo.
 
Excelência­;
Decorridos dois anos que o nosso povo tomou a iniciativa de reivindicar a nossa autodeterminação junto do estado português, mas Portugal, tendo em conta os laços que tem com Angola, colocou-se em silêncio como quem diz que nada sabem desse assunto.
 
Excelência;
E­ssa posição das autoridades portuguesas e de V/­Excelência, em particular levou-nos a deduzir que Portugal, está num beco sem saída por ter vendido o nosso território aos seus Crioulos angolanos, em troca de interesses recíprocos.
 
Excelência;
E­ste silêncio nos prova de que Portugal, sabe que cometeu erros clássicos julgando que o factor tempo que os acordos de Protectorado foram assinados jamais a nova geração iria descobrir, sem ter em conta que Augusto Dias Henrique de Carvalho, tinha trazido todo o dossier aos nossos antepassados que o conservaram para servir de reivindicação caso Portugal, não cumprisse as cláusulas dos acordos.
 
Excelência;
A­ntes da morte de Henrique de Carvalho, como pudemos saber ele escreveu uma obra denominada a QUESTÃO DA LUNDA, onde espelha toda a situação inerente ao nosso território que hoje se encontra sob tutela dos Crioulos como antigos escravos dos portugueses.
 
Excelência;
Temos estado a ouvir Portugal e mesmo os angolanos, a falar das liberdades fundamentais consagrados na constituição que todo o cidadão é livre de reivindicar os seus direitos políticos, religiosos e económicos.
Se é assim que a lei defende, porque é que Portugal continua em silêncio enquanto sabem que o império não é Angola?
 
Excelência;
Po­r outro lado temos a noção exacta que Portugal é um país do terceiro mundo, portanto, não é com a venda da Lunda que passará na lista dos países do 1º e 2º mundo em termos de desenvolvimento.
 
Excelência;
Enquanto o nosso povo é escravizado, os angolanos dão-se a ousadia de comercializar os nossos diamantes com os Emiratos Árabes Unidos, isto é com o DUBAI, em flagrante violação dos princípios fundamentais consagrados na carta das nações unidas.
 
Excelência;
Pa­rece ser a 2ª ou 3ª vez que estamos a fazer esta pergunta, e V/­Excelência, nunca nos respondeu: Porque é que Portugal, libertou-se da Espanha onde esteve cativo durante 60 anos?
 
Excelência;
Muitas nações amantes da liberdade têm nos respondido e encorajam-nos a reivindicar e dizem mesmo que Portugal está agir de má-fé, e se hoje tem acordos estratégicos com os angolanos é devido a questão da Lunda, que o actual presidente angolano assinou com Portugal, no momento em que os acordos estratégicos estavam assinados com o governo Chinês.
 
Excelência;
Go­staríamos com toda devida vénia que mandasse uma Delegação ao Império e constatar enloco em que condições o nosso povo vivem para poder tirar as vossas ilações, o modo de vida que este povo vivem é deplorável e não podemos admitir que isso continue assim, além das mortes constantes da população que os militares e polícias de intervenção rápida e comandos realizam.
 
Excelência;­
A nossa posição é de vermos o nosso território livre, onde o nosso povo dirigirá os seus próprios destinos. Excelência, se tivermos gente capazes de governar, iremos nos contentar com aquilo que temos e não continuar a ser colonizados e humilhados pelos estrangeiros.
 
Excelên­cia;
Faltando 38 dias para o fim do ano de 2020, queremos ouvir o vosso pronunciamento sobre a questão do Protectorado, cujo tempo já expirou.
 
Excelência;
Esta é a mensagem do nosso povo e do seu braço armado e não é com as armas que o presidente angolano está a enviar aqui que vamos ficar calados.
 
Excelência;
E­sta mensagem é extensiva à sua Majestade Dom Rosário, Duque de Bragança da Casa Wettin, ao Cardeal da Igreja Católica e ao Parlamento Português.
 
Excelência­;
Para terminar auguramos votos de esperança, subscrevemo-nos com estima e alta consideração.
 
Lunda, 23 de Novembro de 2020“
 
O Auto Comando da FRISILT

1 COMMENT

  1. Jestes przyjacielem poniewaz jestes wezlem w swobodnej kwerendzie, ktory laczy, lecz nie zniewala i wicaz na ziemie powala. Sensei H. Oshiro.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here