Angola: Investigação Criminal (SIC) detém cidadãos envolvidos no desvio de “29 milhões de kwanzas” do BPC na província angolana do Uíge

0
344
O décimo sexto cidadão nacional acusado de desviar 29 milhões de Kwanzas do Banco de Poupança e Crédito (BPC), na província do Uíge, foi apresentado, nesta sexta-feira, pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC) local.

Este é o segundo grupo desmantelado, neste ano, dos quatro que se dedicavam à prática de desvio de valores do BPC, na província do Uíge.

Os alegados desvios ocorreram entre Janeiro e Maio deste ano e os seus supostos autores foram detidos ao longo do desse período.

Na apresentação dos supostos criminosos, o porta-voz do SIC no Uíge, Zacarias Fernando, explicou que os acusados faziam uso de cartões multicaixas para efectuar levantamentos e transferências das somas de contas domiciliadas no BPC para outras instituições bancárias, quando o sistema do banco público apresentava fragilidades.

Explicou que os alegados implicados, que se encontram em prisão preventiva, foram encaminhados ao Ministério Público para a legalização da prisão.

Informou que estão em curso as diligências para se apurar os outros “modus operandis” dos criminosos.

No passado dia 18 de Maio, o SIC apresentou 12 indivíduos acusados de desviar 25 milhões e 386 mil Kwanzas do BPC, na província do Uíge.

Nessa sexta-feira, o SIC no Uíge apresentou, igualmente, 31 cidadãos nacionais, detidos nos últimos sete dias, por estarem envolvidos no cometimento de vários crimes.

Entre os alegados criminosos, destaca-se um indivíduo de 37 anos, presumível autor do rapto de um menor de oito anos, ocorrido no Mercado da Feira, arredores da cidade do Uíge.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here