Angola: João Lourenço autorizou financiamentos de “377 milhões de euros” para infraestruturas

0
160
O Presidente angolano autorizou o financiamento de vários projetos e construção de infraestruturas, entre eles a conceção e construção do Centro Desportivo na província do Bengo, no valor de 70 milhões de dólares (65,3 milhões de euros).

O despacho presidencial 175/222, de 24 de junho, publicado em Diário da República, consultado hoje pela agência Lusa, refere que, em 2020, foi aprovado o acordo-quadro de financiamento, entre o Governo de Angola e a Luminar Finance, Limited, ligada ao grupo israelita Mitrelli, para o financiamento e/ou refinanciamento de projetos, infraestruturas e serviços em diversos setores da economia angolana.

O documento salienta ainda que há necessidade de se proceder ao enquadramento financeiro dos projetos referidos no acordo-quadro para se financiar ou refinanciar projetos, infraestruturas e serviços dos setores da energia, recursos naturais, educação, agricultura, agro-transformação, águas, saneamento, tecnologia e comunicação, imobiliário, saúde e economia angolana.

Nesse sentido, o Presidente angolano autorizou a adenda n.º 2 ao contrato de empreitada no valor de 27,4 milhões de dólares (25,5 milhões de euros) para a construção da linha de transmissão de 220 kv Gabela-Sumbe, Gabela-Waku Kungo, e subestações associadas para a construção da Subestação Elétrica 220/60 kv na Quibala, e construção de cinco quilómetros da Linha de Transporte de 60 kv para a interligação das subestações Quibala 220/60 kv (transporte) e Quibala 60/30 kv (distribuição), na província do Cuanza Sul.

O valor de 17 milhões de dólares (15,8 milhões de euros) foi também autorizado para o fornecimento de equipamentos para os Laboratórios de Criminalística Luanda e Bengo do Serviço de Investigação Criminal (SIC) e melhoria das unidades tecnológicas deste órgão do Ministério do Interior angolano.

Para a modernização do Ministério do Interior e seus serviços foi autorizado o financiamento de 150 milhões de dólares (140 milhões de euros), tendo o mesmo departamento ministerial beneficiado de outros 60 milhões de dólares (56 milhões de euros) para o fornecimento de veículos automóveis pesados e a prestação de serviços logísticos.

No setor do desporto, além da construção do Centro Desportivo na província do Bengo, foi autorizado o financiamento para a conceção e construção de um estádio de futebol na província do Uíje, no valor de 38,8 milhões de dólares (36,2 milhões de euros).

Ainda na área do desporto, a província do Huambo contará com um estádio de futebol, tendo sido autorizado nesse sentido o financiamento de 40,9 milhões de dólares (38,1 milhões de euros) para essa empreitada.

 

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments