Angola: Jovens em Benguela anunciam manifestação pela saída de Edeltrudes e Manico da CNE

0
566

Assunto: COMUNICADO DE UMA MARCHA PACÍFICA E ORDEIRA.
Exmos.
Cordiais saudações.

Nós, cidadãos angolanos membros da sociedade civil, na pretensão de realizar uma Marcha nos termos do artigo 47º da Constituição da República de Angola (CRA), e no cumprimento do dever de informação que nos é imposto pela norma do artigo 6º da Lei nº 16/91 de 11 de Maio (Lei sobre o direito de Reunião e de Manifestação).

Vimos por intermédio desta comunicar, ao Governo Provincial de Benguela, que no dia 11 de Novembro de 2020 realizar-se-á um acto de protesto sob o lema: «MARCHA PELA CIDADANIA, PELO FIM DO ELEVADO CUSTO DE VIDA E POR AUTÁRQUIAS EM 2021 SEM RODEIOS» que terá como local de concentração Liceu Comandante Cassanji pelas 11 horas tendo como hora de partida às 13, a marcha poderá efectuar-se do Liceu até a rotunda da Cruz vermelha seguindo a Av. Dr. Antônio Agostinho Neto, curvando a direita na A.v Domingos do Ó, passando a esquerda na A.v Aires de Almeida Santos, em seguida A.v Machado dos Santos, daí tomamos o percurso da Av. do Mercado Municipal, seguindo a direita na Av. Sacadura Cabral, passando pela esquerda na Av. Dr. Antônio Agostinho Neto, curvando a direita na Rua das águas até ao Largo de África onde será o término da marcha.

A referida Marcha terá como principais desideratos:

1. Exigir do presidente da república, João Manuel Gonçalves Lourenço, a calendarização das Eleições Autárquicas em 2021;

2. Exigir do Executivo Angolano políticas concretas e prontificadas sobre a situação da degradação das condições de vida dos angolanos e do elevado custo de vida;

3. Exigir do presidente da república, João Manuel Gonçalves Lourenço, a exoneração do chefe do seu Gabinete, Edeltrudes Costa, por estar envolvido em escândalos de corrupção e negócios ilícitos;

4. Exigir a revisão da legislação eleitoral e a reforma da Comissão Nacional de modo a dar credibilidade nos processos eleitorais, ainda nesta senda, exigir, outrossim, a destituição do Presidente da Comissão Nacional Eleitoral.

Sem outro assunto de momento, reiteramos os nossos cumprimentos.

Benguela aos, 04 de Novembro de 2020

Subscritores
Avisto Bota
Delfina Silvano
Eduardo Ngumbe
Florentino Calei Aurélio
Sara Paulo

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments