Bebidas de cereais: como consumir e porquê?

0
200

Com leite ou água numa caneca. É assim que habitualmente ingerimos as bebidas de cereais. Mas, se quer tirar o maior partido deste alimento, conheça outras formas de as incorporar nas suas receitas.

Fazem parte da nossa vida desde que nos lembramos mas, ainda assim, muitos de nós sempre consumiram as bebidas de cereais da mesma maneira, a mais tradicional de todas: preparadas com água ou leite a acompanhar o pequeno-almoço. Certo? Não há problema algum nisso. Afinal, haverá melhor maneira de aconchegar a alma e preparar-se para todos os desafios do dia a dia? Fique, no entanto, a saber que há muitas outras formas de consumir as bebidas de cereais e de fazer delas o ingrediente estrela das suas receitas, seja em batidos, pratos principais ou sobremesas. Ficou curioso? Ótimo! Com a ajuda da nutricionista Ana Leonor Perdigão, explicamos-lhe tudo sobre estas bebidas, que vantagens podem trazer para a nossa saúde, quem as deve ou não excluir da sua dieta e, por fim – mas não menos importante -, que pratos saborosos com um toque a café pode preparar com elas.

O que são as bebidas de cereais?

O próprio nome destas bebidas diz já muito sobre o que são e não deixa grande margem para surpresas. De acordo com as explicações da nutricionista Ana Leonor Perdigão, as bebidas de cereais são constituídas por cereais torrados, podendo ser apenas um ou vários, juntamente com “outros ingredientes de origem vegetal, como a chicória, por exemplo, e em alguns casos também o café. Em Portugal, os cereais mais utilizados nestas bebidas são a cevada e o centeio”, mas também podem ser feitas com aveia, por exemplo. Quanto ao método de produção desta bebida, Ana Leonor Perdigão refere que, depois de torrados, “os cereais são transformados num pó solúvel e apresentam uma cor e sabor que se assemelham a café”. Até as bebidas que não o contêm na sua lista de ingredientes!

Porquê consumir bebidas de cereais

Não perdemos muito tempo a pensar nos benefícios que a ingestão de bebidas de cereais pode ter para a nossa saúde, mas, que eles existem, existem. Os cereais nelas presentes são uma importante fonte de energia, contribuindo para o bom funcionamento do nosso organismo, e de nutrientes, nomeadamente vitamina E e do complexo B, ferro, magnésio e zinco. Segundo a nutricionista, “as bebidas de cereais fornecem hidratos de carbono e fibra alimentar [que ajuda a manter o apetite sob controlo], apresentam baixo teor de gordura e, no caso das da marca Nestlé, contêm apenas os açúcares naturalmente presentes nos cereais”. A melhor altura do dia para as consumir é “qualquer uma”, refere Ana Leonor Perdigão. Se de manhã ajudam a enriquecer nutricionalmente o pequeno-almoço, nas refeições intercalares – por exemplo, nos lanches da manhã e da tarde – ajudam a repor energias, evitando picos de fome. À ceia, quando consumidas quentes, podem contribuir para um sono mais tranquilo. Podem ser ainda uma boa forma de ingerir líquidos, um hábito especialmente importante nos dias mais quentes. A nutricionista sugere que sejam “consumidas frescas, ao longo do dia, para ajudar a garantir a ingestão adequada de água”.

Quem pode (ou não) inclui-las na sua dieta

As bebidas de cereais, de um modo geral, podem ser consumidas por miúdos e graúdos. Para as crianças – assim como para quem, por algum motivo, não pode consumir cafeína -, as opções indicadas são as que não contêm café na lista de ingredientes. É o caso da Pensal, do Bolero e da Brasa da Nestlé. Segundo Ana Leonor Perdigão, “não existe limite para o consumo destas bebidas, exceto as que contêm café, no caso das pessoas que necessitem de reduzir ou eliminar o seu consumo”. A nutricionista salvaguarda, no entanto, que as bebidas de cereais “estão contra-indicadas apenas a quem tenha alergia a algum dos ingredientes, nomeadamente os doentes celíacos, uma vez que são compostas à base de cereais que contêm glúten”. De um modo muito resumido, a doença celíaca é uma patologia autoimune causada pela sensibilidade ao glúten, uma proteína presente em alguns cereais, como o trigo, centeio e cevada.

Na hora de comprar

Em frente à prateleira do supermercado, é possível que verifique que o que não falta são opções no que toca a bebidas de cereais, com diferentes combinações (e, consequentemente, de sabores). Mas são todas igualmente saudáveis? É pouco provável. Além de ter em conta um fator muito importante, o gosto pessoal, estar informado é a melhor forma de garantir que faz uma boa escolha. A nutricionista Ana Leonor Perdigão deixa alguns conselhos que vão ajudar: “Leia o rótulo com atenção, principalmente a lista de ingredientes, e opte pelas variedades que não contenham açúcar nem sal adicionado. Além disso, prefira as bebidas de cereais que apresentem maior teor de fibra (verifique na tabela nutricional)”.

As melhores formas de preparar a sua bebida de cereais

Quanto ao método de preparação, poderá ir pela opção mais tradicional (e que promete não desapontar), adicionando-lhe água, leite ou bebida vegetal (por exemplo, de soja, amêndoa, aveia, arroz…). Assim, “contribui para a hidratação e para o consumo de leite, nos casos em que o sabor deste não é apreciado pelos consumidores”, aponta a nutricionista. Contudo, as formas de consumir estas bebidas não se ficam por aqui. Tome nota destas três receitas cheias de sabor.

1. Batido de Mokambo Intenso
Tempo: 5 min
2 doses

 

Ingredientes
7 g de Mokambo Intenso
1,5 dl de água
1 colher de sopa de leite condensado
1 copo de leite

Modo de preparação:
Prepare Mokambo Intenso conforme as instruções da embalagem.
Num copo grande, junte Mokambo Intenso com o leite condensado. Bata com uma colher durante 2 minutos.
Ferva o leite e deite por cima do preparado anterior. Misture.
Sirva com umas pedras de gelo.

2. Cheesecake de Bolero com Choux de Pensal
Tempo: 25 min.
10 doses

Ingredientes
1 embalagem de queijo quark
1 embalagem de queijo creme
1 colher de sopa de farinha
1 colher de sopa de manteiga à temperatura ambiente
210 g de açúcar amarelo
3 ovos
1 chávena de Natas (1/4 reserva-se num recipiente que possa ir ao microondas)
3 colheres de sopa de Bolero

Modo de preparação:
Misture os queijos e bata até ficarem cremosos.
Adicione o açúcar, batendo até ficar cremoso. Junte os ovos um a um, batendo entre cada adição.
Leve o 1/4 de chávena de natas ao microondas a aquecer. Adicione Bolero e dissolva. Deixe arrefecer e adicione à mistura anterior.
Junte-lhe os restantes ingredientes e bata. Tenha em atenção que o cheesecake não deve ser batido demais nem com muita velocidade. Verter na forma.
Leve ao forno a 180ºC durante 45-55 minutos. Decorrido o tempo de cozedura e depois do forno desligado, deixe repousar primeiro com a porta fechada, depois com a porta entreaberta.
Reserve no frio se possível até ao dia seguinte.

3. Geleia de Pensal Aveia com Iogurte Natural
Tempo: 20 min.
10 doses

Ingredientes
4 colheres de sobremesa de Pensal Aveia
4 iogurtes naturais
100 g de aveia torrada
5 folhas de gelatina
stevia para adoçar Pensal Aveia q.b.
10 folhas de hortelã
100 g de maçãs desidratadas

Modo de preparação:
Dissolva em água fria as folhas de gelatina.
Mergulhe em Pensal Aveia quente, desfaça a gelatina, adoce com a stevia e leve ao frio em tabuleiro para gelatinar.
Depois de gelatinada, corte em cubos, coloque-a no fundo dos copos de vidro, polvilhe com um pouco de aveia torrada, coloque por cima o iogurte e por cima do iogurte um pouco mais de aveia torrada.
Decore com folhas de hortelã e maçã desidratada.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here