COVID-19: Angola bate o “recorde de 953 recuperados e reporta mais 61 casos e quatro mortos”

2
178
Angola registou o maior número de recuperados da covid-19 desde o início da pandemia, num total de 953 pessoas, tendo sido registados 61 novos casos e mais quatro óbitos, anunciaram hoje as autoridades de saúde.

Segundo a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, dos novos casos, 32 do sexo masculino e 29 do sexo feminino, com idades entre 1 e 81 anos, 27 são de Luanda, 13 do Huambo, seis do Zaire e o mesmo número no Cuanza Sul, quatro no Bié, dois no Moxico e outros dois na Lunda Sul e um na Lunda Norte

Os quatro óbitos são dois homens e duas mulheres, entre 53 e 71 anos, todos com comorbilidades, adiantou a governante, durante uma conferência de imprensa em Luanda.

A ministra destacou ainda as 953 recuperações, das quais 765 em Luanda.

Foram processadas 825 amostras por RT-PCR, com uma taxa de positividade diária de 7.4.

No total, Angola soma 18.254 casos confirmados, dos quais, 3.009 encontram-se em tratamento, 14.825 recuperaram da doença e 420 resultaram em morte.

A ministra voltou a apelar ao cumprimento das medidas em vigor para reduzir o impacto da pandemia em Angola e cortar a cadeia de transmissão, sublinhando que a situação mundial requer um esforço coletivo, face ao aumento exponencial do número de casos e ao aparecimento da nova estirpe de vírus.

“Temos países que estão na segunda onda e outros, como muitos países europeus, já estão na terceira onda e nós temos que olhar para estas situações e continuar a cumprir as medidas que os podem proteger e evitar o pior impacto da pandemia no nosso seio”, destacou.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.934.693 mortos resultantes de mais de 90,1 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

2 COMMENTS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here