FESTAS DE FIM DE ANO: Convulsão e Pressão nas Famílias

0
176
Rapidamente, temos que perceber e compreender a importância ou hábito de comemorar o natal e ano novo que herdamos do ocidente.
 
Todavia, a situação social das famílias angolanas é precária e, se agravou ainda mais pelo nível elevado de desemprego dos seus membros.
 
A falta de condições financeiras para esbanjar nas despesas supérfluas das festas de fim de ano está a provocar convulsão e desestabilidade nas familias, a pressão aumenta e os valores que norteiam o povo bantu se extinguem ou desaparecem.
 
A aculturação ocidental dos nossos povos, está cada vez mais a provocar tensão nas Famílias, pois promove a vida fácil, incentiva elas a viverem vidas alheias, sonhos alheios e a pensarem pensamentos alheios só para satisfazerem-se dos seus caprichos.
 
Esquecem que as necessidades são ilimitadas e os recursos são escassos, dai a necessidade da racionalidade financeira.
 
As famílias andam cada vez mais estranhas à elas mesmas, não se conhecem, vivem acima das suas possibilidades e, promovem o mendiguimo, se negam da dignidade de viverem das suas custas e possibilidades.
 
Temos que cultivar o resgate dos valores culturais, económico – financeiros e festivos do nosso povo, deste modo, pouperemos vidas e reduzirmos mortes por AVC e Suicídio.
 
Lucrécio Filipe Daniel
 
FreeMind FreeWorld.Org

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here