Angola: João Dinis diz que “Luta contra a corrupção devolve esperança ao povo”

0
227
O primeiro secretário provincial da FNLA no Zaire, João Dinis, afirma que o combate à corrupção, em curso no País, vai devolver a esperança ao cidadão, cujos resultados podem levar o país a não passar os próximos 30 anos a pagar dívidas e criar empregos para a juventude

O político que falava em conferência de imprensa, em Mbanza Kongo, defendeu uma auditoria independente, quer seja interna ou externa, para se apurar, com exactidão, em quantos mil milhões o Estado foi prejudicado durante a governação do ex-Presidente da República, José Eduardo dos Santos.

“Em função das práticas de corrupção, o número de desempregados aumenta consideravelmente, apesar da formação de técnicos em diversas áreas do saber. Não há postos de trabalho suficientes no sector público. Para agravar, os privados estão a ressentir do impacto negativo da COVID-19”, disse.

Quanto à construção da Refinaria do Soyo, anunciada pelo Presidente da República, João Lourenço, na Mensagem sobre o Estado da Nação, o político da FNLA saudou a iniciativa. Segundo João Dinis, a implementação do projecto vai criar mais postos de trabalho para os jovens, bem como reduzir o défice de combustíveis que se assiste no país.

No sector da agricultura, João Dinis defendeu a aposta na mecanização e modernização das técnicas de irrigação, para permitir melhor aproveitamento do solo fértil do país, sector que pode absorver mais desempregados.

“A agricultura emprega o maior número da população e os solos do país são férteis, somente precisam de bastante água. Daí a necessidade de se implementar novas técnicas de irrigação e não apenas nos focarmos na importação de adubos e outros fertilizantes. É hora de o Governo isentar o pagamento de impostos nos insumos agrícolas”, sublinhou o político.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here