Luanda Leaks: Procurador-Geral de Angola admite “mandado de captura internacional” contra Isabel dos Santos

0
240
O Procurador-Geral de Angola diz que Isabel dos Santos rejeitou recentemente ser interrogada nos Países Baixos, no âmbito das investigações relacionadas com o Luanda Leaks. À SIC, o mais alto responsável do Ministério Público angolano não exclui, mais uma vez, a possibilidade de emitir um mandado de captura internacional.

Há anos que a justiça angolana tenta ouvir as explicações de Isabel dos Santos.

Só em Luanda, a filha do ex-presidente é visada em 2 processos cíveis e 4 processos-crime pelo alegado desvio de 5 mil milhões de dólares dos cofres do Estado.

Em declarações à SIC, “o Procurador-Geral de Angola revela que ainda há pouco tempo estiveram bem próximo da suspeita, mas sem sucesso”.

A PGR de Angola não esclarece o que estaria Isabel dos Santos a fazer na Holanda, sendo que esse é um país onde estavam sediadas várias sociedades da empresária e do seu marido, entretanto falecido, e onde correm também vários processos judiciais, relacionados com o Luanda Leaks.

Sem se alongar, Helder Pitta Gróz garante que não há conversações à vista, como a defesa de Isabel vem reclamando há muito.

Em Luanda, “nada é posto de parte para tentar apanhar a filha de José Eduardo dos Santos, incluindo a emissão de um mandado de captura internacional”. No entanto, essa possibilidade foi alvo de desdém no ano passado por parte de um dos advogados de Isabel dos Santos. Quanto a isto, o PGR de Angola diz apenas que não responde a provocações.

 

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments