EUA: MAURO MENDES É OU NÃO UM JOVEM COM FORMAÇÃO SUPERIOR?

0
381
Angola é um país que está a desenvolver-se ao seu ritmo e com vista a este desenvolvimento os cidadãos estão preocupados em acompanhá-lo. Actualmente estamos a assistir uma onda de jovens a irem para  as universidades com fim de qualificar-se para o contribuírem no desenvolvimento do Pais.

O aumento do fluxo de jovens com ensino superior em Angola criou uma competição saudável e não saudável dentro da sociedade Angolana, muitos jovens têm desenvolvido vários artigos científicos e obras literárias com vista a partilhar o seu conhecimento e buscar notoriedade e outros têm feito um trajecto inverso, inventando títulos e com isto procurar oportunidades que o promovam a funções desta natureza de exigência,  existe ainda aqueles que com o poder económico adquirido ilicitamente, compraram títulos académicos e mentes para desenvolver obras literárias e artigos de opinião e científicos cujo o direito de autor encontra-se em seu nome passando uma imagem de académicos e intelectuais.

O jovem Mauro Mendes que recentemente tem aparecido na comunicação social associado a uma organização juvenil denominada “Greja” que tem oferecido bolsas de estudo de licenciatura, mestrado e doutoramento nas universidades de yale, piraeus e outras nos quatros cantos do Mundo segundo os principais meios de comunicação angolanos é nosso foco.  Segundo a biografia do jovem divulgada nas redes sociais, intitula-se licenciado em direito na universidade José Eduardo dos Santos, Mestre e Doutorando em Washinton DC nos Estados Unidos da América. Mas acompanhando o seu trajecto muitas incongruências se têm revelado. Realçar que o jovem se intitula também como Consultor Político e abre-se à uma incongruência total, pois a categoria de Consultor Político é independente e a ele recai a duvidosa Militância no seio dos Camaradas, onde é tido como mercenário por ter um passado de militância na Unita e Casa CE e ainda continua a manter encontros secretos com os militantes das organizações referidas. Neste quesito ainda comete erros de um Consultor Político que de Política não entende nada, hora vejamos que consultor político é este que anuncia-se candidato sem antes ser aprovado para o pleito, foi assim ao cargo de 1° Secretário Municipal da JMPLA no Município de Luanda,  foi assim no Conselho Provincial de Luanda e no Conselho Nacional de Juventude, demonstrando estar a ser guiado por elementos com fins inconfessos, com o principal objectivo de penetrar no seio dos camaradas e de organizações influentes para executar os seus planos maquiavélicos.

Ao contrário dos destaques que procura na vida política, profissionalmente sabe-se que o jovem nunca dedicou-se a sua área de formação em nenhuma empresa privada, pública, e nenhuma Universidade pública ou privada. Afirma que Rafael Savimbi, Nelito Ekuiki foram seus alunos e que foi colega do secretário da defesa dos estados unidos e do chefe do pentágono dos EUA, o curioso é que o doutorando nos EUA não fala inglês como é possível? E nunca foi professor nem no subsistema de ensino superior e nem no subsistema de ensino geral.

Ao contrário do que consta na sua biografia em relação a sua licenciatura, quando questionado sobre mesma, várias vezes responde na Universidade Agostinho Neto e quando convidado a colaborar profissionalmente em instituições alega falta de disponibilidade, contrariamente as suas alegações a sua única ocupação é o de representante do greja, onde não é assalariado e pede constantemente ajudas financeiras para sua deslocação e alimentação aos associados a quem promete bolsas, formações, vagas de emprego entre outras coisas, com o objectivo de sustentar  da sua família que vive em casa de seus pais, no zona do rasta no bairro golfo 1.

Varios jovens alegam já ter sido enganado por Mauro Mendes com falsas promessas, entre elas bolsas de estudo e formações técnicas profissionais no interior e exterior do pais, relatos de jovens queixosos, dizem ter pago valores de 20.000 AOA para bolsas de estudo na Universidade de Belas que não possui nenhum convénio com o Greja e que até hoje aguardam pela a mesma, tendo lhes prometido em troca ingressar para a Faculdade de Van googh com quem têm uma parceria e que segundo alegações de Mauro Mendes o greja irá se responsabilizar financeiramente pelo o pagamento de propinas. A verdade constatada “in loco” no Brasil é que a Faculdade de Van Googh é uma instituição desconhecida, inaugurada este ano e que procura estudantes com vista a poder concluir a sua infraestrutura cujo dormitório e outras alas da instituição encontram-se em obras, para este desiderato a faculdade está a fazer descontos até 83% para todos interessados para atrair estudantes e qualquer interessado que queira fazer inscrição pode deslocar-se até as instalações e inscrever-se nestas condições. E de forma a cumprir este objectivo e a pedido do Mauro Mendes, deu a responsabilidade ao Greja de ser um simples facilitador em Angola, tal como outras instituições já o fizeram, como o Instituto Superior Politécnico de Geociências ( ISPGC) para que de forma enganosa e propagandista alegar-se tratar de uma bolsa de estudo comparticipada quando não é,  e dar os louros ao greja e Mauro Mendes e em troca alcançarem o números de estudantes necessários para desenvolver as suas infraestruturas e conseguir solicitar pela legalização das instituições de ensino a quem de direito, ou seja, Mauro Mendes é apenas uma marioneta utilizada para os fins lucrativos destas instituições. Aproveitando-se desta oportunidade Mauro Mendes corrompeu colaboradores da TPA, TV Zimbo, TV Sambila e Tv Palanca com bolsas de estudos inexistentes com objectivo de confirmar a credibilidade da informação.

Se por um lado fica aqui confirmado a burla por defraudação de Mauro Mendes por outro é importante realçar a irresponsabilidade dos órgãos de comunicação social  Angolanos que durante está situação e situações semelhantes têm dado espaço de antena a organização juvenil sem constatar a veracidade, tal como O Jornal de Angola que divulgou a biografia do jovem em causa sem constatar a veracidade da informação e sem solicitar os diplomas e certificados de formação que o mesmo alega ter e nunca ter mostrado ao público e nem ter publicado uma única foto com o seu diploma ou beca ao menos de licenciatura, nem artigos científicos, ou ao menos a monografia de licenciatura ou a dissertação do mestrado, ou seja Mauro Mendes não tem nenhuma obras cientifica.

Enquanto isso e com a conivência dos meios de comunicação, vai enganando mais vítimas e propalado mentiras como a nomeação para Vice-governador, indicação para ser Secretário do baraço Juvenil da UNITA e muito mais.

É contraproducente um jovem que nem se quer é licenciado ofertar bolsas de estudo e pagas por uma organização que não dispõe de um espaço físico. A apetência de tentar ostentar um grau académico que não tem, fez com que prometesse aos líderes juvenis de associações académicas, bolsas de estudo com vista a ganhar aceitação dos estudantes e apoio dos mesmos. Recentemente divulgou uma foto na página Joana Clementina onde é um dos administradores com a Coordenadora da Yali Angola insinuando ser namorado da mesma ( comportamento antiético e calunioso) e ter firmado parcerias estratégica com a instituição, com o objectivo de ganhar popularidade entre os jovens universitários, quando na verdade solicitou a aquela organização para fazer parte do Natal Solidário sob pretexto de levar alguns donativos de forma a ajudar, mas no final não levou donativos e insistentemente solicitou fotografias com a responsável da organização. O mesmo aconteceu no encontro que solicitou com Presidente do Conselho Nacional da Juventude, que foi caluniado e difamado por Mauro Mendes na altura da campanha ao cadeirão máximo daquela organização. No referido encontro levou uma lista do “greja” com os nomes dos integrantes onde consta também o seu nome, a solicitar habitação tão logo teve conhecimento que se aproximava a entrega das casas prometidas aos jovens pelo executivo. Após o encontro, de forma insistente solicitou uma fotografia com o objectivo de bajular e ganhar credibilidade perante as organizações membros do conselho e consequentemente da juventude Angolana.

Por detrás deste plano, está um projecto com objectivo de ascensão a uma função na administração pública ou cargo político a custa de burlas, mentiras e trapaças. De forma a contrapor as nossas afirmações convidamos o jovem a apresentar o seus de diplomas e certificados publicamente ou no mínimo sua monografia ou dissertação de mestrado e afirmamos que a única formação que o mesmo dispõe é técnico profissional de marketing político no Brasil.

Por: Pedro Chiwale.
In: Em torno dos falsos graus ou títulos Acadêmicos

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here