EUA: Colégio Eleitoral reúne segunda-feira para comfirmar vitória de Joe Biden

0
207
Trump não reconhece ainda resultado e diz que a luta continua

O Colégio Eleitoral dos Estados Unidos reúne-se segunda-feira para formalmente escolher o Democrata Joe Biden como próximo presidente dos Estados Unidos.

As eleições presidenciais americanas só terminam quando os delegados de todos os 50 estados, escolhidos proporcionalmente de acordo com a sua população, se reunem para completar o processo.

Os resultados eleitorais deram a Biden 306 delegados contra 232 do Presidente Donald Trump que até agora continua no entanto a rejeitar o resultado das eleições.

Contudo tribunais estaduais e federais rejeitaram dezenas de acções de Trump e dos seus apoiantes que tentaram buscar apoio judicial na anulação de resultados em estados cruciais para a vitória de Biden e em que este ganhou por margens mínimas.

No último desses casos o Supremo Tribunal rejeitou uma acção introduzida pelo estado do Texas pedindo que o tribunal invalidasse os resultados em quatro desses estados pondo práticamente fim a tentativas de se anular o resultado.

Apesar disso no Twitter o presidente escreveu que “apenas começamos agora a nossa luta”.

O último passo para a confirmação de Biden como próximo presidente dar-se-á no início de Janeiro quando as duas câmaras do Congresso se reunirem para confirmarem os votos dos delegados.

Nessa altura a lei permite que pelo menos um senador e um deputado à Câmara dos Representantes possam levantar objecções à votação num ou outro estado.

Nesse caso o Congresso suspende a confirmação para um debate imediato de não mais de duas horas sobre a questão. Tendo em conta que os Democratas controlam a Câmara dos Representantes não há a possibilidade da votação ser anulada.

Manifestações de apoio a Trump

Ontem milhares de apoiantes de Donald Trump concentraram-se na capital Washington para se manifestarem em apoio ao presidente.

Manifestações semelhantes ocorreram em vários outros estados onde advogados do presidente tentaram sem sucesso cancelar os resultados em tribunal.

Aqui em Washington registaram-se confrontos esporádicos entre apoiantes e opositores de Trump. Quatro pessoas foram hospitalizadas e 23 outras presas, disse a polícia.

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here