Angola: Generais recordam “Demóstenes Amós Chilingutila como companheiros de armas exemplar”

0
137
Antigo Chefe do Estado-Maior das Forças Armadas de Libertação de Angola, braço armado da UNITA, morreu no domingo

Morreu na província angolana do Huambo, vítima de doença, o general de exército Demóstenes Amós Chilingutila, antigo Chefe do Estado-Maior das Forças Armadas de Libertação de Angola (FALA), braço armado da UNITA.

O anuncio foi feito pelo porta-voz do Galo Negro, Marcial Dachala, em nome do presidente da UNITA, Adalberto Costa Júnior.

Após a notícia, várias personalidades pronunciaram-se sobre o general.

“É com profunda dor que tomei conhecimento do falecimento do general Demóstenes Amós Chilingutila. Neste momento de dor para a família castrense não posso deixar de manifestar a minha consternação pelo facto de com ele ter trabalhado e partilhado momentos bons e maus na constituição e Formação das Forças Armadas Angolanas, edificadas no âmbito dos Acordos de Paz de Bicesse”, disse o general Higino Carneiro, para quem Chilintuguila “foi um companheiro de armas exemplar e determinado no cumprimento das disposições politicamente aprovadas para o efeito”.

O também general Bento dos Santos Kangamba,lembrou do antigo homem forte das FALA “como amigo dos seus amigos e que nunca fez mal a ninguém”.

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here