Angola: Ministro do Interior (MININT) quer “agilização de atos migratórios” e serviço célere e de qualidade

0
131
O Ministro do Interior de Angola disse hoje, em Luanda, que o Serviço de Migração e Estrangeiros (SME) deve continuar a reforçar o processo de agilização dos atos migratórios, “prestando um serviço célere e de qualidade”.

“Queremos que o SME, para além de garantir a eficiência e eficácia na fiscalização da entrada e saída dos cidadãos do território nacional, bem como controlar os fluxos migratórios, continue a reforçar o processo de agilização dos atos migratórios, prestando um serviço célere e de qualidade, para a satisfação dos utentes que acorrem aos postos de atendimento ao público, e não só”, afirmou Eugénio Laborinho.

O governante angolano, que falava na cerimónia de tomada de posse e imposição de patentes a responsáveis da Polícia Nacional, SME, Serviços Penitenciários e Serviço de Bombeiros, considerou “imperioso que o SME continue a contribuir, de forma significativa, no processo de promoção e atração do investimento estrangeiro e do turismo”, para a diversificação da economia, o desenvolvimento do país e a divulgação da cultura e belezas naturais.

Desde o ano passado que o SME vem registando dificuldades para a emissão de passaportes ordinários e diplomáticos, situação que tem levantado inúmeras reclamações por parte dos cidadãos, que se veem impedidos de ter este documento, tendo ficado a promessa de até maio passado ficar resolvida a situação, que aos poucos vai voltando à normalidade.

Eugénio Laborinho, dirigindo-se aos Serviços Penitenciários, disse que pretende que “preste um serviço cada vez mais humanizado e profissional, em prol da reabilitação e ressocialização dos reclusos, sobretudo os jovens”.

O titular da pasta do Interior augurou que o Serviço de Proteção Civil e Bombeiros melhore a sua atuação na atividade de socorro às populações, em casos de incêndios, inundações, sinistros, catástrofes, calamidades e outros.

 

 

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments