EUA: Ministério da Saúde de Angola alerta para “ações de burla” de alegados inspetores

0
361
O Ministério da Saúde de Angola alertou hoje para uma burla, protagonizada por vários cidadãos não identificados, que se fazem passar por inspetores da saúde, sob falsas orientações da titular da pasta, Sílvia Lutucuta.

De acordo com o comunicado, o ministério tomou conhecimento do ato através de denúncias anónimas e de proprietários de clínicas privadas.

O documento salienta que os indivíduos, pelo menos seis, têm realizado “ações indecorosas, que muitas vezes terminam com burlas de elevadas somas de dinheiro”.

“Assim, cabe-nos informar que os referidos senhores e os respetivos contactos telefónicos não pertencem ao Minsa [Ministério da Saúde], presumindo-se serem malfeitores e burladores que pretendem manchar o bom nome deste ministério”, refere o comunicado.

O ministério apela a todos que se depararem com chamadas telefónicas e com os nomes identificados ou não no documento (Paulo José Januário, Gilberto Kanda, Paulo José Bernardo, Sr. Raúl, Sr. Mauro, Sr. Gilberto, usando os terminais telefónicos 926098886, 923916994, 935078505 e 947057664), cujo teor da conversa cinge-se no pagamento ou transferência de dinheiros, a não ceder a nenhuma orientação ou exigência.

A nota orienta que seja mantida a calma e que se contacte com maior brevidade possível os órgãos de defesa e segurança e os órgãos inspetivos competentes para o tratamento que se impõe.

“O Minsa manifesta a sua solidariedade para com as instituições sanitárias privadas, pessoas individuais ou coletivas que tenham sido vítimas de extorsão e burla por parte destes indivíduos e solicita reiteradamente o apoio de todos, no sentido de se tomarem as medidas exemplares para desencorajar este tipo de práticas”, frisa o comunicado.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here